Cuca de Goiabada - Receita alemã

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Todas as vezes que penso em Cuca, lembro do meu pai, que é fascinado por receitas assim. Infelizmente, quando fiz essa ele estava à mais de 100km de distância e não pôde sequer sentir o cheirinho. Fico devendo pro senhor, Pai.

A verdade é que das 8 pessoas que provaram, nenhuma conseguiu se contentar com um pedacinho apenas. Achei a massa um pouquinho sem doce, mas não vou culpar a receita, acho que no dia estava formiguinha demais, porque ninguém teve a mesma opinião.

A massa é bem, bem fofinha e leve e provém da fermentação com fermento biológico. A farofa dá aquele toque todo especial e você pode usar a imaginação na hora de substituir a goiabada: doce de leite, brigadeiro, banana e até mesmo Nutella, por que não?!

Receita de Gastronomismo

Esponja
1 colher (sopa) de fermento seco instântaneo
2 colheres (sopa) de açúcar
Água morninha 

Massa
1/2 xícara de leite
2 colheres (sopa) de manteiga
2 xícaras de farinha de trigo
1/2 xícara de açúcar
1 ovo

Farofa
1 xícara de açúcar 
1 xícara de farinha de trigo
100g de manteiga gelada, cortada em cubinhos
1 colher (sopa) de canela em pó

100g de goiabada molinha (não a cascão), cortada em cubinhos

Preparo
Esponja
1. Em uma tigelinha, misture o fermento e açúcar e junte um pouco de água morna, suficiente para ficar bem molhadinho, numa mistura bem saturada. Deixe fermentar por 10-15 minutos.

Massa
2. Aqueça o leite com a manteiga até que esteja derretida. Em uma outra tigela, misture a farinha com o açúcar, faça um buraco no centro dos ingredientes e despeje a esponja já crescida e o ovo. Vá misturando aos poucos com os dedos, incorporando do centro para as beiradas. Conforme vai misturando, adicione o leite e manteiga derretida e continue no mesmo processo até obter uma massa lisa e homogênea, mas bem mole. Sove um pouco com a mão e deixe crescer por 20 minutos (se o dia estiver muito frio, deixe uns 40 minutos).

Farofa
3. Misture o açúcar, farinha e canela, em seguida vá desfazendo os cubos de manteiga nessa mistura até obter uma farofinha.

Montagem
4. Pré aqueça o forno a 180ºC.

5. Despeje a massa em uma forma de bolo inglês muito bem untada e enfarinhada, se perceber que será muita massa para sua forma, coloque uma porção de massa em uma forma pequenininha. Espalhe metade da goiabada, cubra com a farofa e o restante da goiabada. Asse por cerca de 40 minutos ou  até dourar. Espere esfriar um pouco e desenforme. Sirva com um cafezinho.

Rende: 12 fatias.

A minha goiabada queimou porque meu forno estava demasiadamente quente. E a farofa transbordou porque a forma era um pouco pequena para a massa. Tirando isso, deu tudo certo. 

E para quem quiser assistir ao modo de preparo, deixo aqui o video do qual copiei a receita. Video lindo, aliás, muito bem explicado e gostoso de assistir.

8 comentários:

  1. Que maravilha,...
    Feliz Ano Novo 2017,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderExcluir
  2. Olá Talita, só descobri as cucas qdo vim morar em Cascavel, sou de Umuaramana e por lá (na época) ninguém conhecia, são deliciosas, a sua ficou linda e com certeza muito saborosa. Vou experimentar e volto pra te contar.
    Feliz Ano Novo!!

    ResponderExcluir
  3. Olá Talita...gostaria de saber se posso substituir o fermento por fermento fresco? Infelizmente ou felizmente só gosto de trabalhar com fermento fresco. Obrigado.Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eunice! Acredito que é muito possível, sim. Só não sei te dizer a quantidade certinho. Geralmente é mais fermento fresco para a quantidade de seco, não é?! Se fizer, me conte! Beijos

      Excluir
  4. Olá Talita...gostaria de saber se posso substituir o fermento por fermento fresco? Infelizmente ou felizmente só gosto de trabalhar com fermento fresco. Obrigado.Beijo

    ResponderExcluir
  5. Eu fui uma das 8 felizes pessoas, yeah!!!! Estava maravilhosa essa cuca. Façam sem pensar duas vezes!!!

    Bjos Vanessa e Nicole

    ResponderExcluir
  6. Hum... Delícia! Eu também não me contentaria só com um pedaço!

    Feliz 2017, Talita!

    Chocoranguete de Curitiba

    ResponderExcluir
  7. Olá,eu já fiz essa receita três vezes. É realmente muito boa. Eu só gostaria de deixar minha simpl contribuição para esse blogue sobre a diferença entre o fermento biológico fresco e o seco.
    O fermento biológico seco é três vezes mais forte do que o fresco.
    Se uma receita pedir 15g de fermento biológico fresco,basta substituir por 5g do seco . Eu particularmente,prefiro o seco! É mais eficiente e mais fácil de conservar.
    Obrigada por me enviar boas receitas!

    ResponderExcluir

Pin It button on image hover
© Chocorango - 2013. Todos os direitos reservados. Criado por: Talita B. Tecnologia do Blogger. Chocorango