FATIAS HÚNGARAS

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Alguma vez já parou para pensar na origem das deliciosas fatias húngaras tão comuns aqui no Brasil? Será que foi mesmo criada na Hungria ou seria uma enganação como a torta holandesa que no final das contas era brasileiríssima? 
Fomos atrás da história do famoso pãozinho e nos surpreendemos: ninguém sabia ao certo! Essa é uma tese montada, nada muito concreto, portanto se alguém souber a verdadeira origem, por favor, nos comunique.
Os pãezinhos chamados de sticky buns (que seriam os pãezinhos com calda, bem úmidos) teriam surgido no antigo Egito, Grécia e Roma, aprimorando-se na Europa Medieval e por fim chegando às Américas. 
Os pães que mais se aproximam das fatias que conhecemos são os Schnecken (caracol em alemão), de origem germânica, geralmente feito com sour cream (creme de leite azedo), frutas secas, nuts (frutos secos) e algumas vezes canela. 
Ou então o Rugelach, muito parecido com o Schnecken, porém feito com cream cheese substituindo o sour cream. 
O outro seria o Chelsea Bun, pãozinho britânico proveniente do Schnecken germânico, porém feito com raspas de limão, canela ou uma combinação de especiarias e  enrolado com frutinhas, açúcar mascavo e manteiga.
O cinnamon roll é outro pão da categoria dos sticky buns que provavelmente foi inspirado no Schnecken e Chelsea bun. 
E por último o pão húngaro mais parecido com os conhecidos pãezinhos de coco brasileiros que encontramos foi o Beigli, um pão natalino, que é feito com sour cream (creme de leite azedo), frutas secas, nozes e sementes de papoula e só depois de assado que as fatias são cortadas, ao contrário dos já citados pães. No Brasil, com a escassez de sementes de papoula e nozes, as mães hungrias teriam substituído por coco.


Foto das fatias húngaras (1˚ foto).
Foto do Beigli (2˚ foto). 

17 comentários:

  1. Nossa Ta!! Liguei para minha avó essa semana pedindo a receita dela!!hehe Faz mais de um ano nào como essas maravilhas (conheço como "caracóis hungaros")!!

    Ah...fiz suas rosquinhas de pinga hj (pela segunda vez- a primeira não deu certo..ehehehe) Uma delícia!!
    Bjao Fe;)

    ResponderExcluir
  2. Sério, Fe.? A sua avó sabe a origem? Se puder, pergunta pra ela! Estou curiosa! =) Tirou foto das rosquinhas? Gostaria de mostrá-las no "Eles testaram!". Fico feliz que tenha gostado! Um beijão.

    ResponderExcluir
  3. ADORO CARACÓIS FICAM MOLHADINHOS E DELICIOSOS,MAS NUNCA FIZ!
    TENHO UMA AMIGA QUE FAZ SEMPRE E ME DA ALGUNS FICAM DELICIOSOS!

    ResponderExcluir
  4. Faz tanto tempo que nao como fatias hungaras adorooooo...rs
    Pode postar o bolo sim sem probelemas, menina eita coisinha boa né eu amo frutas e elas estavam quase lá e não sabia o que fazer com elas e o bolo apareceu na hora certa...kkkk gostei do petit four salgado assim que der vou fazer hihihihi
    Bjinhus e bom findi!!!

    ResponderExcluir
  5. Adorei saber tudo isto. Elas são deliciosas, né? Eu adoro.
    Beijos
    Patty Martins

    P.S. Já participou da Promoção Quentinha de Inverno #sorteio http://goo.gl/fb/9CO9Z lá no blog

    ResponderExcluir
  6. Que beleza, hem, Eliana! Minha mãe faz os caracóis (que chama de pãozinho de coco) e sempre é uma delícia quando dá certo de eu comer alguns. Mas já fiz em casa e deu muito certo. Que tal se aventurar?
    Um beijão.

    ResponderExcluir
  7. Oi, ROSE querida! Foi uma surpresa pra mim, ver que tinha feito o bolo. Fiquei muito contente. A lista só está que aumenta das receitinhas reproduzidas do Chocorango. Vou postar, sim. Já está na lista. Se fizer os petit four, me conte. Um beijão.


    Oi, PATTY! Eu gosto demais das fatias! Me deixam com água na boca! Obrigada por contar da promoção vou agora mesmo participar! Um beijão.

    ResponderExcluir
  8. Talita,
    Já fiz duas versões das fatias hungaras, uma é a receita da minha mãe e a outra foi feita com massa folhada, ambas deliciosas.
    nham nham, preciso fazer de novo, porque com esse tempinho, essa fatias e uma xícara de chá, é uma boa pedida.
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi, FABIANA! Eu também faço uma receita da minha mãe, mas imagino como deve ficar gostosa essa versão com massa folhada! Tudo a ver com friozinho, concordo! Um beijo grande, querida.

    ResponderExcluir
  10. Talita, que bom ficar sabendo dessa características da comida. Fiz ontem as fatias húngaras e admito, o nome não combina com o doce pra mim rs, ele podia ter muitos outros nomes, menos esse rs

    bj

    ResponderExcluir
  11. Oi, VIVIAN! Que coincidência você ter feito ainda ontem o pãozinho! Concordo que poderiam ter outro nome! Acho simpático o significado de schneken = caracol. Um beijão.

    ResponderExcluir
  12. Muito interessante este "post"e os buns ficaram lindos!!
    Beijinhos e bom fim de semana,
    Lia.

    ResponderExcluir
  13. Oi, LIA! Eu achei uma delícia pesquisar sobre o assunto. E os pãezinhos estão mesmo muito apetitosos. Uma pena não ter sido eu a responsável por isso. Um beijo, bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  14. Também andei fazendo pesquisa sobre as fatias húngaras e tenho um post rascunhado há tempos... Fiz uma receita que não me agradou muito e vou testar outra, pra então publicar.
    São deliciosas!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Oi, GINA! E descobriu alguma coisa sobre a origem? Quero conhecer a sua receita, a minha não vai sour cream, cream cheese, nada disso, mas também é uma delícia! Um beijão.

    ResponderExcluir
  16. aiaiai Talita!
    você me fez lembrar o cheiro delicioso das fatias hungaras que minha vizinha fazia!

    Hm, amei sua receita!
    beijao!

    ResponderExcluir
  17. Oi, JEAN! É difícil morar perto de vizinho que cozinha bem, né?! O problema é não poder comer depois, só sentir o cheiro da comida. Eu ainda não publiquei minha receita de fatias húngaras, mas quando o fizer, te aviso.

    ResponderExcluir

Pin It button on image hover
© Chocorango - 2013. Todos os direitos reservados. Criado por: Talita B. Tecnologia do Blogger. Chocorango